sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Furacão Sandy - testemunhos em primeira mão.


Na terceira semana de Setembro, estive uma semana a fazer e servir pequenos-almoços a um grupo de 19 americanos, entre os 40 e os 65 anos no Villa São Paulo. Servi ainda dois jantares e até fui convidada para dançar com eles. Foi a melhor semana de trabalho que alguma vez tive, criei laços com algumas pessoas do grupo, recebi muitos abraços, fui convidada por duas pessoas a ir a New Jersey e a ficar na casa delas e diverti-me mesmo muito.

Com a notícia do furacão Sandy, comecei a desesperar por notícias deles. Eu apenas tinha dado o meu contacto, não tinha pedido o deles. Tive de insistir com a Cláudia para me dar um contacto deles e mandei email. Demoraram dois dias a responder mas graças a Deus estão todos vivos. No entanto, dois deles ficaram sem casa, um dos quais partiu a cervical ao cair numa doca.



Hi, Maggie, Thanks for your concern. The storm was indeed ferocious and has caused unimagineable damage. It has left thousands homeless, cold and in the dark. I'm sure you have already heard that Debbie and Dee's house was badly flooded and that they will be renting another house during he six months it will take to rebuild/repair. In protecting his boat, Dee fell on their dock and broke his collarbone. They have suffered more than their share of misfortune.


Eu simplesmente não consigo imaginar o que será passar por um desastre destes... Não posso fazer nada mais que não rezar por eles...

1 comentário:

O Sexo e a Idade disse...

Tu e todos nós!
Mais não podemos fazer do que rezar por todos!