quinta-feira, 30 de outubro de 2008

'Nunca vi uma miúda com tanto para a dar. Tu tens o teu coração cheio de amor para dar. Apesar dos teus problemas, que nós sabemos quais, és alegre e dás-me felicidade. Na noite em que nos conhecemos gritámos, dançámos, cantámos, fizemos caretas, demos as maos, corremos, tudo juntas.

Na noite em que nos conhecemos, fomos, as duas, para o nosso local preferido. A praia. Foi perfeito. Entretanto a distancia separou-nos. Mas novamente encontrámo-nos. Foi na praia. Foi na praia que tivemos a nossa conversa, que partilhamos segredos. Foi na praia que revelas-te o teu segredo. Que passou a ser o nosso segredo. Obrigado pela confiança.

Quando me senti triste, foi em ti que eu pensei, e na nossa volta à praia à beira-mar. Com os pés gelados da água do mar, eu sentia um ardor no coração. Esse ardor era o amor da amizade, por ti Margarida. És muito importante para mim e não é a distância que nos vai separar. Amo-te. '

Sílvia Lizeu

como eu te amo minha Sisi

1 comentário:

Silvia disse...

longe ou nao, a nossa amizade nao vai em vao.