quarta-feira, 13 de abril de 2011

Carapuças em desassossego

"A dor conforta-me o coração quando estou quase a perder a batalha.
A dor ajuda-me a respirar, a voltar ao sitio que me fez sofrer, para ser melhor pessoa.
E a dor volta, como sempre, para crescer um pouco mais.
E é a dor que desejo que me ajudes a ultrapassar.

E o teu sorriso sincero mudou algo em mim.
E talvez não volte a ser o mesmo desde o momento em que espreitei dentro dos teus olhos.
(E tem graça porque isto é uma primeira vez para mim.)
E o que pensarás tu dentro da tua cabeça delineada por linhas rectas às quais eu tento fugir no meu dia a dia?
E que pensarei eu dentro da minha?

Que não sou suficiente para te fazer sorrir dessa forma em todos os instantes, que não sou a pessoa ideal para estar ao teu lado, para te dar tudo o que necessitas e desejas. Mas eu quero-te aqui, agora, para mim. E serei o melhor que sei ser, para mim, por ti, porque tu mereces mais."

Do blog Staré Mesto.


1 comentário:

Firefly disse...

=) Sinto-me lisongeado... **